quinta-feira, 30 de abril de 2015

105 - Cidade da Morte

Divulgação
Cidade da Morte, ou City of Death, é o segundo arco da 17ª Temporada e foi transmitido entre 29 de Setembro e 20 de Outubro de 1979.

Sinopse:

O Doutor e a Romana estão passeando em Paris, visitando o museu do Louvre e vivenciando lapsos temporais. Quando veem um artefato alienígena suspeito, eles encontram um detetive truculento e se metem em mais uma situação digna de investigação.

Notas do Revisor:

Legendas enviadas pelo Kleber Toledo, do Grupo Trekker.

"Hey there", traduzido como "Oi" no Episódio 2, é um cumprimento informal e familiar, para ser usado entre amigos ou namorados.

O rascunho da estória de David Fisher estava ambientado em 1928 com o Doutor e Romana ajudados por um detetive, perseguindo a Mona Lisa roubada de Paris a Montecarlo, onde sua parceira, a baronesa Heidi, usa tecnologia de viagem no tempo para fazer armadilhas na roleta do cassino e assim financiar os experimentos de Scarlioni. Também apareciam Paris em 1979, o estúdio de Leonardo da Vinci em 1508 e a Terra pré-histórica. Mas o chefe da unidade de produção John Nathan-Turner percebeu que a equipe não poderia ir integralmente à Paris, por causa do orçamento. Foi necessário, portanto, reescrever os roteiros de David para transferir a ação para Paris, e por razões orçamentais, eliminar a ambientação na década de 1920. K-9 também precisou desaparecer do roteiro, pois o custo de trazer o cão robótico e seus operadores a Paris era proibitivo.

Entretanto, naquela época, David Fisher estava em um processo de divórcio e por sua situação pessoal não pôde fazer as reescrituras. Por isso o editor de roteiros Douglas Adams, auxiliado pelo produtor Graham Williams, tiveram que reescrever completamente a estória em apenas um fim de semana. Segundo Douglas, Graham "levou-me à sua casa, trancou-me em seu estúdio e me regou com uísque e café preto durante uns dias, e assim saiu o roteiro". O roteiro revisado, agora entitulado A Maldição do Sephiroth (The Curse of the Sephiroth), foi creditado a "David Agnew", um pseudônimo padrão que a BBC utilizava. O arco adquiriu seu título final de Cidade da Morte em 8 de Maio de 1979.

Douglas Adams conhecia John Cleese e Eleanor Bron por seus contatos com Monty Python e Cambridge Footlights. Ao descobrir que ambos estariam trabalhando no BBC Television Center no dia que gravariam a cena da galeria de arte, então convenceu os dois para fazerem uma participação especial em uma cena curta escrita para "dois ingleses". John e Eleanor aceitaram a condição de que não haveria publicidade prévia de suas aparições.

Michael Hayes, que já havia dirigido dois arcos da 16ª temporada - além de já ter experiência de filmar em Paris em outras produções para a BBC -, foi o encarregado de dirigir este arco. Os exteriores foram rodados em Paris entre 30 de abril e 3 de maio de 1979, foi a primeira vez que rodaram um arco no exterior. Foi uma filmagem difícil já que as datas coincidiram com o perído de férias de maio, o que significava que muitas das localidades escolhidas estavam fechadas, e o elenco e a equipe tiveram que improvisar muito. A filmagem de maquetes foram feitas nos Bray Studios entre 8 e 10 de maio de 1979. As cenas foram da nave Jagaroth chegando à Terra pré-histórica, e foram supervisionadas por Ian Scoones. Depois dos ensaios, a produção continuou no BBC Television Centre, onde foram gravadas o restante das cenas em dois blocos, o primeiro em 21 e 22 de maio de 1979, e o segundo em 3 e 5 de junho.

Tom Baker achou a experiência de filmar em Paris muito diferente a que estava acostumado no Reino Unido onde havia multidões para ver a filmagem e conhecer as estrelas. Nessa época, Doctor Who não era transmitido na França, assim a equipe foi amplamente ignorada. Lalla Ward achou Cidade da Morte o arco da série mais desafiante que havia feito, mas ficou feliz com o resultado, dizendo: "Tivemos que flmar muitas cenas com chuva e frio... não havia nenhum glamour... também era diferente das estórias habituais e eu gostei do resultado final". Vendo sua vestimenta como uma parte importante na criação da personagem Romana, Lalla desintendeu-se com a figurinista Doreen James, rejeitando o traje prateado que foi desenhado para ela nesta estória. Lalla teve a ideia do uniforme escolar, dizendo: "Pensei que seria divertido vestir algo que as meninas pequenas provavelmente odiavam porque poderia animá-las... Não esperava que também receberia montes de cartas de seus pais dizendo 'Bonito uniforme escolar!'".

Vários espectadores indicaram que a vida na Terra começou há 4.000 milhões de anos, e não há 400 milhões como foi dito no arco. Graham Williams respondeu que "O bom Doutor comete um erro ou dois, mas acredito que um erro de 3.600 milhões de anos é exagero! A próxima edição da Enciclopédia Galática dele terá uma errata." Outro espectador escreveu para dizer que a atmosfera da Terra primitiva seria irrespirável para o Doutor e seus acompanhantes; Douglas Adams respondeu a isso fazendo alusão a "licenças dramáticas".

Download das Legendas

Download dos Episódios