domingo, 25 de março de 2018

085 - As Sementes da Destruição

Divulgação
As Sementes da Destruição, ou The Seeds of Doom, é o sexto e último arco da 13ª Temporada e foi transmitido pela primeira vez entre 31 de janeiro e 6 de março de 1976.

Episódios:

Duração total dos seis episódios: 2:24:37

Sinopse:

Em uma expedição na Antártida, dois cientistas encontram uma estranha vagem enterrada na neve. Quando eles investigam-na, logo identificam-na como de origem vegetal, e que deve ter estado enterrada no gelo há cerca de vinte mil anos. Enquanto isso, em Londres, o Doutor é encarregado de investigar a vagem no escritório de ecologia mundial. Então, enquanto ele e Sarah Jane vão em encontro dos cientistas, a vagem, ao ser colocada debaixo de uma lâmpada acesa, começa a expandir-se, e quando os dois dormem, abre-se de repente e infecta um deles. E logo o cientista começa a desenvolver uma mutação.

Curiosidades e Bastidores:

O autor do arco foi o celebrado roteirista televisivo Robert Banks Stewart, que neste conto ecológico de flora desenfreada se inspirou em Kew Gardens, além de sua conexão familiar com o botânico Joseph Banks. Depois de uma longa trajetória em Doctor Who, esta foi a última história dirigida por Douglas Camfield.

Este é o terceiro arco em que foram filmados exteriores em vídeo no lugar de em película, os dois anteriores foram Robô[ainda não disponível] e O Experimento Sontariano[ainda não disponível]. Em 7 de dezembro de 1975, enquanto rodava a última cena junto à TARDIS, a cabine caiu em cima de Elisabeth Sladen. Era a cabine original utilizada no programa desde 1963.

Algumas semanas antes antes da transmissão original do arco, a fita original do episódio 1 desapareceu. Foi criado o pânico, e o produtor Philip Hinchcliffe teve a ideia de reeditar o episódio 2 para permitir que a história começasse nesse ponto, mas a fita finalmente apareceu a tempo. Haviam colocado-a em um lugar incorreto no arquivo, aparentemente porque ela foi mal numerada.

As Sementes da Destruição foi um dos arcos que trouxeram críticas de Mary Whitehouse por sua violência gráfica. Ela escreveu: "Estrangulamento, por mão, por garras, por obscena matéria vegetal, é o último truque... contém parte do material mais horrível e doente". Como resposta, a BBC afirmou que Doctor Who estava dirigido à família, não apenas às crianças.

Artes Relacionadas: